Ultimo domingo do mês


Ultimo domingo de outubro: este mês foi bem bom. Também foi bem difícil. Gostei de todos os dias, de todas as noites, das chuvas e dos lindos por do Sol.
Comecei no Rio, hoje em Luanda.
O coração fica no meio, fazendo um bate e volta diário.
E as palavras dão o tom. Sempre.
Este mês soprei com força, prendi a respiração muitas vezes. A grande lição deste mês foi que eu não preciso ter mais tantas expectativas com os outros, em acolher, tratar de forma especial, se não estiver preparada para fazer isto de forma incondicional, sem cobrança. Se for para dar, dá direito. Sem ficar com cara de cachorro que caiu do caminhão da mudança no meio da estrada: não se lembra aonde era a casa e não sabe qual o novo destino. É isto ai!

Comecei a ler alguns autores no site Pensador, agora de forma aleatória e por ordem alfabética.

O que eu elegi para repartir e servir de palpite, foi este:

[Trecho do Livro 'A Máquina']
Seu coração disse pra sua cabeça, vá, e sua cabeça disse pra sua coragem, vou, e sua coragem respondeu, vou nada, mas sua boca não ouviu e beijou."

Adriana Falcão




Postagens mais visitadas