terça-feira, 22 de fevereiro de 2011

Todo dia é dia de aprender

Daqui há pouco, fazem quatro anos que estou em Angola.
Muitas coisas aconteceram, e o que é mais interessante é que tudo foi muito
intenso.
Fui moldada a ferro e fogo. O resultado me parece muito positivo.
Nestes anos sofri muitas perdas e vivenciei muitos ganhos.
Meu pensamento se tornou mais lógico, minhas ações mais produtivas e até o não fazer nada se tornou não fazer nada, literalmente.
Aprendi a conviver com a saudade, a valorizar mais o ser humano, independente de raça, credo ou do time para qual ele torce. Elimino diariamente posições generalizadas e cuido de cada pessoa de forma personalizada.
Tenho tido mais trabalho, conseqüentemente obtenho mais resultados.
Digo diariamente "eu te amo" para o mundo e me sinto amada por ele.
Sei que o Amor não nos protege de todos os males porém nos deixa mais rígida. Mais blindados.
Enfim, viver todos os dias e só por hoje, exercitar a maravilha de estar vivo, aqui e agora: que é o melhor lugar do mundo.

Registro meu desejo por óculos, janelas, escadas e cachorros.

Beijos.